Uma pessoa um pouco diferenciável

Junte um pouco de impaciência e paciência, alegria e tristeza, sabedoria e ignorância, todo o tempo do mundo e como se o tempo estivesse acabando. Tenha um pouco mais de juízo e esqueça o juízo, esses extremos além de um foco profundo em algum elemento ou assunto específico, olhar nos olhos diretamente sempre será bem complicado.
Tudo isso e mais um complexo emocional que por vezes não compreendido por outras pessoas e não se dar bem com os sentimentos dos outros ao seu redor, por não entender como esses sentimentos se manifestam, e seus próprios sempre são manifestados com extremos ou ao seu limite. Literalmente aos extremos, por exemplo quando o sentimento de alegria a alegria é tanta como se estivesse toda a alegria do mundo, da mesma forma com a tristeza, fica muito muito triste, e assim com os demais sentimentos do ser humano.
Em contraparte um hiperfoco que mantêm toda a concentração na tarefa que esta envolvido sem que nada consegue atrapalhar, como se aquela tarefa fosse o centro de sua atenção até que ela seja realizada. Aliado ao foco exagerado há uma fixação por um assunto específico, que pode ser de dinossauros até tempo onde o tema é como se fosse o assunto mais relevante que vem em mente. Com tudo isso o entendimento do significado das palavras e frases é muito literal.
O sentido das palavras são muito literais, parece engraçadas as vezes ao ouvir algumas expressões populares e imaginar como seria a situação no ditado popular, como o exemplo dizer que uma pessoa “pisa em ovos”, onde a expressão significa fazer ou falar algo com cuidado e entender que o significado do ditado é que uma pessoa tem muito cuidado, mas pela literalidade entender que uma pessoa realmente pisa em ovos e não que ela tem cuidado.
O contato com outras pessoas é sempre um pouco complicado, primeiro que por quase sempre não entender algumas expressões e sentimentos nos outros, segundo por não conseguir manter sempre os olhos nos olhos durante uma conversa e acharem que está sendo rude ou arrogante, mas quando na verdade é algo que não é por vontade, mas é algo que não consegue controlar, assim como as forças da natureza que sempre manejamos mas não controlamos para que não ocorra novamente.
Tudo isso dentro de uma pessoa que tem que conviver com essa noção de saber que pode viver como qualquer pessoa normal mas nuca entenderá como as pessoas normais pensam, agem, sentem e percebem o mundo da mesma forma que as pessoas normais nunca saberão como uma pessoa com essas características vive, pensa, age, sente e percebe o mundo ao seu redor.
Alcenir Borges Sousa Júnior


Comentários

Postagens mais visitadas